Thursday, May 18, 2017

Relato Pessoal

Para esse projeto, nós precisamos escrever um relato pessoal.  Nós precisamos escrever muitos rascunhos e o relato pessoal precisamos ser sobre o que aconteceu em sua vida que fez você pensar sobre a sua vida ou a vida em  geral, Quem eu sou? Quem você é? Ou quem somos nós?  No relato pessoal você precisava da situação inicial, conflito, clímax, e o desfecho.  Também você precisava, de uma variedade de tempos verbais como pretérito perfeito, pretérito imperfeito simples, e composto e pretérito mais-que-perfeito.  E também o que você queria,  para adicionar mais coisas no relato pessoal, pode adicionar adjetivos, diminutivos, aumentativos, expressões idiomáticas, superlativos e advérbios.  
No meu relato pessoal, eu decidi  escrever sobre minha experiência que eu tive na África em 2007.  Eu aprendi muitas coisas lá, então eu queria  escrever sobre isso.  Foi uma experiência significativa na minha vida.  E eu vou lá de novo em poucos anos, então eu queria refletir sobre a minha experiência em 2007.  
Eu aprendi como eu posso escrever um relato pessoal.  Eu nunca tinha feito isso antes, então eu aprendi muito.  Eu aprendi como usar uma variedade de tempos verbais como pretérito perfeito, pretérito imperfeito simples e composto pretérito mais-que-perfeito em um texto.  Eu acho que eu usei os valores essenciais perseverança  quando eu usei todas as variedades dos tempos verbais.  Era muito difícil, mas eu preservei quando eu escrevi com as variedades dos tempos verbais.  Para a próxima vez, eu quero adicionar mais adjetivos, diminutivos, aumentativos, expressões idiomáticas, superlativos e advérbios para melhorar.     





Museu da Empatia:
A museu da empatia foi muito bom.  Todas as historias que ou ouvi foi muito bom.  As duas que eu conectou mais era do Chris e Maia.  O relato pessoal do Chris sobre o primeiro dia que ele teve na Brasil.  Ele era muito triste e ele quero fiquei na EUA.  Também, quando ele cheguei na Brasil ele não entendi tudo.  E ele disse também que ele e a irma dele são muito mais perto.  Eu conectou com historia dele porque eu tive os mesmos sentidos.  Eu não queria de ir para Brasil, eu queria de fiquei la com minhas amigas e família.  Também eu entendi nada, e no fim eu é muito mais perto com minha família.   Eu conectou com a historia da Maia.  A historia dela e sobre a dia que o irmão dela fugiu.  E quando eu era pequeno, meu irmão mais novo estava fugiu também.  Era muito assustador.



Saturday, April 15, 2017

Prova

Para esse projeto, nós fizemos uma prova.  A prova era sobre a unidade de História do Brasil.  Para estudar para a prova, nós precisamos com uma outra pessoa fazer um pôster sobre um tópico.  Os pôsteres eram sobre lendas, pretérito perfeito e pretérito imperfeito, regências verbais, ser ou estar + particípio passado e uso de todo(a)(s), vários(as) e nenhum(a).  Todos os pôsteres precisavam de um título, uma explicação, exemplos, uma tabela, exercícios e uma referência.  Depois disso, as duplas que fizeram o pôster precisavam ensinar os outros alunos e aprender com os outros alunos também.  Isso foi nosso guia de estudo.  Depois, nós fizemos a prova.  
Eu aprendi com a correção da prova que eu preciso aprender a misturar o pretérito perfeito e pretérito imperfeito.  Isso para mim é muito difícil, então eu preciso aprender e praticar essa mais.  Também, eu preciso aprender mais e praticar como completar as frases usando todo(a)(s), varios(às), alguns(algumas) e nenhum(a).        
Para fazer o pôster, eu usei o valor essencial de curioso porque eu escolhi um tópico que eu não conhecia muito bem.  Também, eu usei perseverança porque eu poderia explicar o tópico para os outros alunos.  Para a próxima vez, eu quero praticar os erros que eu fiz na prova.  Especialmente, pretérito perfeito e pretérito imperfeito.    


Thursday, March 16, 2017

Eletivas e Clubes

Para esse projeto, nós precisamos imaginar que é o começo do ano na Graded e nós queremos escolher quais clubes e eletivas que  fazer.  Então, toda a classe escolheu 5 clubes/eletivas que são MUN, Caritas, Fotografia/Filme, Guitarra e Arco e Flecha.  Quando nós escolhemos esses clubes/eletivas, precisamos fazer duplas para cada clube/eletiva.  Depois disso, cada dupla precisava fazer um poster sobre o clube/eletiva e fazer perguntas para uma entrevista.  E no dia da sumativa, um pessoa da dupla foi uma professora enquanto a outra foi uma aluna e cada um de nós entrevistamos os outros e também fomos uma aluna que respondeu as perguntas na entrevista.
Nós aprendemos e estudamos novas frases sobre qualidades e habilidades que nós temos.  Frases assim: Eu sou bom/boa em… Eu gosto de… Eu sei (verbo) muito bem, etc.  E com o feedback que Ms. Lau deu para mim, eu aprendi que eu preciso incluir mais perguntas de follow-up.  E eu concordo completamente.  Também eu cometi alguns erros como conjugação, mas para a maior parte, eu fui bem.      
Eu usei os valores essenciais de perseverança porque para esse projeto eu precisei falar português sozinho com pouca ajuda, e isso é muito difícil para mim.  Mas, eu acho que esse projeto me ajudou muito porque eu saí da minha zona de conforto.  Para a próxima vez, eu quero praticar conjuguemos mais porque às vezes foi difícil falar com outras pessoas.  E eu quero também, como Ms. Lau disse, incluir mais perguntas de follow-up.


Thursday, February 23, 2017

Lendas

Para esse projeto, nós precisamos  escolher uma lenda que nós gostamos.  Depois de escolher uma lenda, precisamos  reescrever a lenda.  Nós aprenderemos como escrever uma lenda.  Também, aprendemos quais são os momentos e os elementos de uma lenda.  Por exemplo, são a situação inicial, o conflito, o clímax e o desfecho.  Nós precisamos também usar marcadores de tempo, pretérito perfeito, pretérito imperfeito e muitos adjetivos e advérbios na lenda.  Antes de fazer isso, nós lemos muitas lendas em português.  Depois de reescrever, precisamos  gravar nossa lenda.             
Eu usei os valores essenciais de perseverança porque eu misturei pretérito perfeito e imperfeito.  E ás vezes isso é muito difícil porque eu fico muito confusa.  Mas, no fim, eu fiz isso e eu aprendi  muito.  Eu acho que para a próxima vez, eu quero  reescrever uma lenda que eu não sabia muito bem.  Também eu quero  escolher uma lenda mais complexa para aprender mais vocabulário.  





Wednesday, December 7, 2016

Vase Analysis

For this project, we were supposed to make a vase.  I was able to make three vases.  Unfortunately though, the base of one of my vases was too thin, so there ended up being a hole.  So basically, I only have two vases.  One looks like a pitcher, but I made it look that way because the top of the vase was uneven, and I thought that it would look interesting for it to look like that. This process was not super challenging, at times though, it was hard to make sure the vase didn't get too thin.  But besides that, the process to make a vase was not really challenging.  To throw a vase, you have to open it at the bottom, then bring it in, then up.  I feel like this process combines both the cylinder and bowl process, in a way.
For this project, I definitely feel like I had more freedom to create.  I could make my vase, short or tall, narrow or wide, it was up to me!  I'm not completely satisfied with my results, for the reason that I feel like I could've thrown a few more better ones if I would've had more time.  But for the time we had to do this project, I think that I did a pretty good job. One of my vases is in the kiln right now and the other is fired and I glazed it last class.  I decided to glaze the one that is finished with a  solid light purple.  And after I added some crystals to make it more interesting.  I can't wait to see what it will look like once its fired.

Thursday, December 1, 2016

Vase Process





















At first, when I started to throw a vase, it was quite difficult for me.  It was easy to center the clay and to make it like a cylinder, however, when I started to shape it like a vase, it started to get more challenging.  It's more difficult and challenging because, you have to push the clay out at the bottom, but when you get near the top you need to bring it in then up.  This process for me, is harder than throwing a cylinder or a bowl because you have to bring the clay out then in then up.  Today, I was able to throw two vases, one looks like a pitcher because the top was kind of uneven so Ms. Ariani gave me the idea to make it look like that, and I actually really like it!  I think that both of the vases that I threw today are wider and taller than what I would've wanted.  Next class, if I have time to throw, I hope that I'll be able to throw a vase that is more short and narrow.      

Tuesday, November 29, 2016

Final Analysis for Bowl Set

For this project, we were supposed to create a set of three bowls, each being different sizes.  At first, I thought that throwing bowls would be much easier than throwing cylinders.  However, I think that it is harder to throw bowls. The process of throwing the bowls at first is quite easy, because it's the same process as throwing a cylinder.  But once you have your cylinder, you have to shape it into a bowl.  This part was difficult for me because, at times, I would put too much pressure on the clay while I was trying to raise the walls by shaping it.  Because I did this, the bowl would at times be crooked or to thin/thick.  I think that overtime I was able to get the hang of it, but I still find it quite challenging.  I definitely felt comfortable using the wheel, I don't find centering the clay hard, just shaping the clay is a difficulty that I face.  The trimming process for bowls is more time consuming, because you have to make sure that your bowl has the perfect shape, especially the base, and you need to insure that the clay is not too thick.   The trimming process helped me to be able to keep the same shape for my bowls.  I think that I was able to create a set of centered bowls.  Centering the clay, for me, is one of the easiest steps in throwing anything on the wheel.  I was able to master that technique quite quickly after a few times using the wheel.  However, I don't think the walls are perfectly even for all of the bowls in my set.  This technique, of raising the walls is quite hard for me (like I already mentioned), so my walls aren't perfectly even.  I guess they are even to some extent, but they could have been more even.

For all of the bowls, I decided to glaze all of them with a solid blue.  I put three colors of this glaze on all of the bowls.  After which, I used a white glaze that was somewhat transparent and I applied one layer to my bowls.  To make the set look more unique and interesting, I decided to put the white glaze on the outside of the largest and smallest bowls, and I put the white glaze on the inside of the medium sized bowl.  At first, I was quite worried when I applied the while glaze because, I was planning on using a green transparent color instead.  Although, I was unaware of what the final result was going to be, I decided to take a risk and use the white glaze.  In the end, I am very glad that I made that choice because I am definitely satisfied with what my set ended up looking like.